Papa Pio II edita primeira bula condenando a escravidão

07/10/2019 08:20

O Papa Pio II (1458-1464) condenou a escravidão dos cristãos recém-batizados como "um grande crime" na primeira bula contra a escravidão no dia 7 de outubro de 1462. O discurso do Papa foi dirigido ao chefe local das Ilhas Canárias.

Pio II instruiu os bispos a impor sanções aos transgressores. O Papa, no entanto, não condenou o comércio de escravos, somente a escravização dos recém-batizados, o que representava uma minoria diante das pessoas capturadas que eram levadas para Portugal para serem submetidas à escravidão. 

History

visitas

Coluna

A cidade de Diadema, por força do contexto nacional, resolveu unilateralmente na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) suspender o isolamento social para algumas atividades econômicas. Contudo, a justiça suspendeu a deliberação do prefeito, fazendo valer a decisão do Governo do Estado....
Para a economista da Universidade Johns Hopkins, ministro Paulo Guedes está preso a dogmas ideológicos e mantém letargia para tomar decisões que afetam quem já está passando fome “E, para os defensores da calma e da serenidade, saibam: o momento é de urgência”, escreve a economista brasileira...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

Herbert Schutzer schutzer@hschutzer.com.br