Papa Pio II edita primeira bula condenando a escravidão

07/10/2019 08:20

O Papa Pio II (1458-1464) condenou a escravidão dos cristãos recém-batizados como "um grande crime" na primeira bula contra a escravidão no dia 7 de outubro de 1462. O discurso do Papa foi dirigido ao chefe local das Ilhas Canárias.

Pio II instruiu os bispos a impor sanções aos transgressores. O Papa, no entanto, não condenou o comércio de escravos, somente a escravização dos recém-batizados, o que representava uma minoria diante das pessoas capturadas que eram levadas para Portugal para serem submetidas à escravidão. 

History

visitas

Coluna

Em tempos de pandemia, assiste-se uma disputa por capital político que é uma barreira para a garantia do bem-estar da população. O medo que toma conta da população, devido a agressividade do vírus, não permite uma reação a altura dela, impondo as autoridades atitudes efetivas e eficazes na...
‘Babelia’ adianta um fragmento de ‘Guatemala’, uma análise política do continente escrita em 1967, quatro anos antes de ‘As veias abertas da América Latina’ ‘Babelia’ oferece um adiantamento de Guatemala. Ensaio geral da violência política na América Latina, de Eduardo Galeano (publicado na Espanha...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

Herbert Schutzer schutzer@hschutzer.com.br