Papa Pio II edita primeira bula condenando a escravidão

07/10/2019 08:20

O Papa Pio II (1458-1464) condenou a escravidão dos cristãos recém-batizados como "um grande crime" na primeira bula contra a escravidão no dia 7 de outubro de 1462. O discurso do Papa foi dirigido ao chefe local das Ilhas Canárias.

Pio II instruiu os bispos a impor sanções aos transgressores. O Papa, no entanto, não condenou o comércio de escravos, somente a escravização dos recém-batizados, o que representava uma minoria diante das pessoas capturadas que eram levadas para Portugal para serem submetidas à escravidão. 

History

visitas

Coluna

Neste momento, a opção mais viável para o fim da crise é o caos, porque no campo da política não há protagonistas com estofo moral suficiente para assumir o papel do mediador publicado em 22/12/2016 O ocupante do Palácio do Planalto oferece, como presente de Natal, o maior retrocesso em termos de...
Tudo que nós um dia deveríamos temer sobre o socialismo — desde repressão estatal e vigilância em massa até padrões de vida em queda — aconteceu diante de nossos olhos. Por Jerome Ross, do Outras Palavras   Nós vivemos em um mundo de ponta-cabeça. Como recentemente colocou um meme amplamente...
<< 27 | 28 | 29 | 30 | 31

Contato

Herbert Schutzer schutzer@hschutzer.com.br