‘Países que tiveram escravos devem reparar vítimas’, diz relatora especial da ONU

A relatora especial das Nações Unidas sobre formas contemporâneas de racismo, discriminação racial, xenofobia e intolerância correlata, Tendayi Achiume, apresentou relatório à Assembleia Geral pedindo reparações por discriminação racial como forma essencial de cumprimento dos direitos humanos. Para ela, a maior barreira às reparações por colonialismo e pela escravidão é falta de vontade política e coragem moral. Achiume afirmou que racismo e discriminação são inseparáveis de suas raízes históricas e defendeu que países que tiveram colônias ou escravos devem aceitar que têm obrigações e responsabilidades, incluindo o pagamento de indenizações às vítimas e seus descendentes. A especialista em direitos humanos afirma que as reparações são um aspecto vital da ordem global que está comprometida com a dignidade de todos, independentemente da etnia ou da origem.

Leia mais: Por Dentro da Africa

contador gratuito de visitas

Coluna

A um ano das eleições municipais vivencia-se no ABCD uma descrença na política municipal, devido a imagem dos políticos e da política agravada pela longa fase de denúncias que a “Operação Lava Jato” implantou no país, que terminam por afastar os munícipes qualificados da atuação política. Qual o...
A região foi impactada neste mês de setembro com a denúncia da Polícia Federal do mau uso do dinheiro público em São Bernardo do Campo, indiciando o prefeito por corrupção passiva e fraudes em licitações. A denúncia pode afetar a governabilidade municipal? Isso é o que interessa para o cidadão,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

Herbert Schutzer schutzer@hschutzer.com.br