Pesquisadora desmonta a farsa da Lava Jato na aplicação de penalidades

Procuradores adotaram estratégia errada em acordos de leniência, resultando em prejuízo às empresas e impacto negativo na economia nacional. Tudo para privilegiar a família Odebrecht

ornal GGN – Imagine a seguinte situação: uma das maiores empreiteiras do País se envolve em um escândalo de corrupção que por décadas rendeu propinas a ex-gerentes da Petrobras. Em vez de limitar as penalidades aos empresários que tomaram as más decisões, as autoridades optam por um acordo que quebra a empresa, acaba com milhares de empregos, gera prejuízo para bancos públicos que emprestaram dinheiro para a empreiteira e, ainda por cima, faz a própria Petrobras – que era a vítima – pagar uma multa muito superior ao valor recuperado com este acordo.

Tudo isso aconteceu de verdade na Lava Jato, e a única beneficiada nesta história foi a família Odebrecht, que tem Marcelo e o patriarca Emílio entre os principais delatores da operação.

Leia mais: GGN

contador gratuito de visitas

Coluna

A um ano das eleições municipais vivencia-se no ABCD uma descrença na política municipal, devido a imagem dos políticos e da política agravada pela longa fase de denúncias que a “Operação Lava Jato” implantou no país, que terminam por afastar os munícipes qualificados da atuação política. Qual o...
A região foi impactada neste mês de setembro com a denúncia da Polícia Federal do mau uso do dinheiro público em São Bernardo do Campo, indiciando o prefeito por corrupção passiva e fraudes em licitações. A denúncia pode afetar a governabilidade municipal? Isso é o que interessa para o cidadão,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

Herbert Schutzer schutzer@hschutzer.com.br